Reunimos sete importantes métricas para você acompanhar na sua concessionária que vão te ajudar a impulsionar seus resultados

Taxa de conversão: 7 dicas para tornar o seu Marketing Digital vendedor

Quanto tempo você demora para comprar uma peça de roupa? Dependendo da sua condição financeira, desejo ou necessidade a tomada de decisão pode demorar dias ou horas. Em contrapartida, para comprar ou trocar um veículo, a jornada de compra pode levar meses e até mesmo anos, pois inúmeros fatores influenciam o processo de conversão. 

Apesar de a jornada do seu consumidor ser longa, sua concessionária não pode perder tempo na avaliação dos seus resultados. Por isso, acompanhar as métricas dos seus canais de comunicação pode te ajudar a identificar oportunidades e melhorias. 

Como resultado, a otimização do seu site ou landing page pode ajudar a reduzir o tempo de conversão e guiar seus visitantes e potenciais clientes até a conversão. Mas, qual a melhor forma de medir a sua performance? O que priorizar em suas análises? 

Avalie a qualidade do seu site

O primeiro passo começa com o seu site, ele é o cartão de visitas da sua loja. Na maioria das vezes, seu showroom digital vai ser o primeiro contato que o seu potencial cliente terá com a sua concessionária. Portanto, é importante que você acompanhe as métricas, pois elas vão indicar se a sua estratégia é efetiva ou não. 

Nesse sentido é importante acompanhar fatores como tempo, conversão, rejeição, mídia e retorno. Se eles não estiverem funcionando como deveriam, você corre o risco de perder seu potencial cliente para a concorrência. Vamos detalhar cada um desses pontos a seguir. 

Dica #1: Quanto tempo as pessoas gastam no seu site?

O tempo de duração de suas sessões é um importante indicativo da qualidade do seu site e resulta na conversão

A permanência dos visitantes no seu site é mais importante do que você imagina, pois o tempo influencia seu posicionamento nos buscadores de pesquisa e indica a qualidade da sua página. 

No Google Analytics, por exemplo, cada sessão tem duração de 30 minutos e a visita só é contabilizada quando seu usuário navega entre as páginas do seu site. A análise é realizada de acordo com a interação do visitante com seu site. 

Se a maioria das pessoas não consomem o conteúdo do seu site por mais de 60 segundos, isso significa que eles não foram impactados pela sua proposta de valor ou que consideraram seu conteúdo irrelevante. E aí que está o grande perigo. 

A maioria das pessoas vai visualizar apenas a primeira dobra do seu site que é o todo o conteúdo que ele consegue visualizar sem precisar usar a barra de rolagem. Normalmente, a primeira dobra é composta pelo menu e a primeira sessão do site e nele estão dispostos banners, CTAs e chamadas principais. Se o visitante do seu site não for captado nesses poucos segundos para usar a barra de rolagem ele vai sair da sua página. Como consequência, ele estará disponível para ser captado pela concorrência. 

Além de acompanhar o tempo de permanência no seu site, é importante realizar comparativos para entender se as alterações pontuais de chamadas, banners, formulários e outros vão afetar seu site de forma positiva ou negativa. 

Dica #2: Qual é a sua taxa de rejeição? 

A taxa de rejeição está diretamente ligada ao tempo de permanência no seu site. Afinal, quanto menos tempo as pessoas passarem na sua página da web, maiores serão suas taxas de rejeição. 

Um ponto importante sobre essa métrica é estar atento ao percentual de rejeição. A regra geral desse índice funciona da seguinte forma: 

  • Baixo índice de rejeição: 26% a 40% – Taxa positiva, indica que seu site está tendo um bom desempenho junto ao público; 
  • Índice médio de rejeição: 41% a 55%; – Taxa positiva, pois indica que seu site está tendo o desempenho comum junto ao público; 
  • Alta taxa de rejeição: acima de 70% – Taxa negativa, indica que seu site não está tendo o desempenho ideal junto ao público.

Se o seu site está com baixo tempo de permanência e com alta taxa de rejeição, a recomendação é que você reveja sua estrutura de conteúdo e design para atender aos seguintes aspectos: 

  • Escrever conteúdos mais persuasivos e mais legíveis; 
  • Repensar o uso e localização de de pop-ups;
  • Melhorar seu direcionamento para o público-alvo. 

Dica #3 Onde acontecem seus acessos? 

Mapear os seus acessos ao seu site e landing page por tipo de dispositivo é indispensável para identificar problemas e propor soluções

Atualmente, cerca de 63% da população mundial utiliza celulares, tablets e outros dispositivos móveis para navegar online. Porém, muitas empresas ainda falham ao não pensarem na experiência de navegação para usuários móveis, o que resulta em altas taxas de rejeição que estão atreladas a fatores como: falta de otimização do site para dispositivos móveis, má visualização da interface, legibilidade de conteúdo e outros. 

Portanto, busque medir a quantidade de acessos que o seu site ou landing page possui vindos de tablets, celulares e outros dispositivos e descubra: 

  • Qual é a sua taxa de rejeição em dispositivos móveis: alta, baixa ou na média? 
  • O número de acessos via mobile: quanto esse número representa do seu total?
  • Quantos leads convertem exclusivamente via mobile? 

Avaliar esses resultados considerando os índices médios vai te ajudar a ter uma boa visão a respeito do funcionamento do seu site para dispositivos móveis e te ajudar a propor melhorias. 

Dica #4: Seus leads estão convertendo? 

Nós comentamos anteriormente sobre o tempo da jornada do seu consumidor e sobre fatores específicos que podem impactar a tomada de decisão. Muitos deles não estão diretamente ligados à sua concessionária, porém isso não dispensa o comprometimento de buscar influenciar o processo de compra e gerar conversão. 

Por isso, é importante entender quantos dos seus leads estão convertendo. O cálculo para esta métrica é dividir o total de leads pelo número de conversões.

Total de leads

__________________

Número de conversões. 

É importante destacar que os resultados encontrados em outras métricas como tempo de leitura, índice de rejeição e otimização para mobile vão te indicar pontos no seu site que podem estar impactando as taxas de conversão. 

Para alcançar resultados mais assertivos, a dica é selecionar os elementos que você deseja testar no seu site como call to actions, banners, títulos e outros e realizar um teste A/B. Com o resultado do teste, você determina com qual versão da sua página seguir no seu site. 

Veja também: Métricas: Qual é a diferença entre CPC, CPV, CPL e CPA? 

Dica #5 Suas mídias sociais atraem visitantes para o seu site? 

Invista na linkagem do conteúdo das suas redes sociais com o que você divulga no seu site ou landing page

É quase unânime a ideia de que todas as empresas precisam ter um perfil nas redes sociais para fortalecer a presença digital. O que muitas empresas ainda não sabem, é que as redes sociais possuem um alto potencial de influência nas decisões de compra. 

Um estudo global realizado pelo DataReportal mostrou que 26,2% dos usuários das plataformas de mídia utilizam as redes para descobrir novos produtos para compra. Portanto, é importante que você divulgue seu site nas suas redes sociais e busque gerar tráfego por meio delas. 

Essa prática é essencial para avaliar o desempenho das suas ações em mídias sociais, mas também para fortalecer o seu SEO e o posicionamento do seu site nos buscadores de pesquisa. 

Veja também: SEO: Por que o seu site não aparece na 1° página?

Dica #6: O site da sua concessionária tem acessos orgânicos? 

Assim como citamos nas dicas anteriores, é importante entender de onde são originados seus acessos. Mais do que identificar os acessos por tipo de canal ou dispositivo, é necessário mapear a quantidade de acessos orgânicos do seu site. 

Lembre-se que o objetivo de suas campanhas de marketing é fazer com que a sua concessionária seja conhecida ao ponto das pessoas procurarem por ela por conta própria. Somente deste modo, você consegue reduzir os custos em campanhas para atrair potenciais clientes. 

O sucesso desta métrica está diretamente ligado aos tópicos que citamos anteriormente. Por isso, invista no SEO do seu site, na qualidade do seu conteúdo, na experiência de navegação e na linkagem com outros conteúdos como os posts das suas redes sociais.

Dica #7: Seu investimento tem retorno? 

O Retorno sobre o seu Investimento (ROI), que é a métrica mais importante a ser acompanhada, pois ela é a soma de todas as outras. 

Basicamente, o ROI te ajuda a identificar quão eficaz está sua estratégia, pois ela vai contabilizar o lucro ou prejuízo que determinada ação trouxe para a sua empresa. 

Neste contexto, por exemplo, se as métricas do seu site estão ruins, pode-se concluir que o investimento realizado nele não vai te trazer o resultado de crescimento em vendas desejado. 

O ROI pode ser aplicado em diversos processos do seu marketing e por meio dos resultados obtidos, você pode direcionar seus esforços para as ações que alcançaram as taxas mais altas. 

O cálculo para esta análise é simples. Imagine que sua concessionária investiu R$ 100,00 em uma campanha de Ads e obteve um lucro líquido de R$200,00. Podemos concluir que ela obteve um lucro de 100% do valor investido que trouxe o equivalente a 2x mais do resultado. 

(Crescimento de vendas – Valor do investimento) / Investimento * 100 = ROI

Como a Lead Force pode te ajudar? 

Referência em performance, a Lead Force é uma empresa líder em inteligência de Marketing Digital especializada no setor automotivo. Desenvolvemos soluções próprias para ajudar nossos clientes a alcançarem os resultados desejados em captação e conversão de leads. 

Para te ajudar a acompanhar as métricas do seu site e das suas campanhas de Marketing, nós oferecemos a Dealer Marketing Center (DMCA) multiplataforma da Lead Force. 

Na DMC, no módulo de Analytics, você tem acesso aos dados de acesso do seu site como duração das sessões, taxas de rejeição, origem de tráfego e muito mais. 

Já no módulo de SEO, é possível identificar a quantidade de acessos ao seu site de forma orgânica, o posicionamento de suas palavras-chaves e o valor economizado com a otimização. 

Para suas campanhas de Ads em google e redes, apresentamos  todas as suas taxas de conversão, impressões e cliques. Tudo isso com acompanhamento em tempo real da chegada dos seus leads e com o cálculo do retorno sobre o seu investimento. 

Ficou interessado? Para conhecer a Dealer Marketing Center e as soluções exclusivas para a sua concessionária, entre em contato com a nossa equipe. 

Veja também: Conheça a Dealer Marketing Center, a multiplaforma que vai impulsionar os seus resultados 

Outros
Assuntos

Somos uma empresa de inteligência de Mercado que utiliza soluções próprias, feitas exclusivamente para o mercado automotivo, para entregar os melhores resultados para os nossos parceiros.

© Copyright 2022 Lead Force